HORA DO EVANGELHO NO LAR – 10/4/2017 – CAP. 25 – NÃO VOS CANSEIS PELO OURO – ITENS 9 A 11

HORA DO EVANGELHO NO LAR – Cap. 25 – AJUDA-TE E O CÉU TE AJUDARÁ – ITENS 1 A 5 – 03/4/2017
03/04/2017
HORA DO EVANGELHO NO LAR – Cap. 26 – PRECES PAGAS – ITENS 3 E 4 – 17/4/2017
17/04/2017

HORA DO EVANGELHO NO LAR – 10/4/2017 – CAP. 25 – NÃO VOS CANSEIS PELO OURO – ITENS 9 A 11

“Não violenteis nenhuma consciência. Não forceis ninguém a abandonar a sua crença para adotar a vossa. Não amaldiçoeis os que não pensam como vós. Acolhei os que vêm a vos e deixem em paz os que vos rejeitam.” (ESE – cap. 25 – item 11).

 

Queridos irmãos, vamos unindo nossos sentimentos e pensamentos e vamos, juntos, orarmos:

Senhor Jesus, se for da Vossa vontade, fazei-nos instrumentos da Tua paz, conscientes da Tua vontade e que Teus ensinamentos não saiam somente de nossas bocas mas que eles, principalmente, brotem do fundo do nosso coração e de nossas ações. Que sejamos sempre amparados, protegidos e mantidos afastados de todo sentimento de ambição, de egoísmo, do desejo de posses inúteis ao nosso processo evolutivo e que sejamos sempre agradecidos, satisfeitos e responsáveis por aquilo que temos e pelo que recebemos para o que nos é necessário.

Graças vos damos Mestre por permitir esse nosso encontro de corações, que possamos ser merecedores do Teu Amor.

Permaneça conosco e que assim seja.

 

 

MENSAGEM INICIAL

 

Aquele diz: – “Isto é meu”.
Outro afirma: – “Guardo o que me pertence”.
Entretanto, só Deus é o legítimo Senhor de Tudo.
Rejubilas-te com a nutrição…
Contudo foi Ele quem promoveu a sustentação da semente para que a semente, convertida em pão, te assegure o equilíbrio.
Orgulhas-te do dinheiro que te garante a aquisição das utilidades imprescindíveis à segurança e ao conforto…
No entanto, foi Ele, quem te angariou indiretamente os recursos precisos para que te não faltassem saúde e raciocínio, disposição e inteligência na tarefa em que te sorri a fortuna.
Regozijas-te com o lar…
Todavia, foi Ele quem te situou nos braços maternais que te acalentaram os vagidos primeiros, aproximando-te dos afetos que te enriquecem os dias…
Lembra-te de Deus, o Todo Misericordioso que nos confia os tesouros da existência, a fim de que aprendamos a buscar-Lhe o Paterno Seio…
E reparte com teu irmão do caminho os talentos que Ele te empresta, na certeza de que somente ao preço da fraternidade infatigável e pura, subirás para a Glória Divina, em que Deus te reserva a imortalidade da vida, entre as fulgurações da Sabedoria Imperecível e as bênçãos do Amor Eterno.
Do livro “Taça de Luz”, Scheilla/Francisco Cândido Xavier

LEITURA DO EVANGELHO

Capítulo 25 – BUSCAI E ACHAREIS

NÃO VOS CANSEIS PELO OURO – ITENS 9 A 11

9 – Não possuais ouro nem prata, nem leveis dinheiro nas vossas cintas; nem alforje para o caminho, nem duas túnicas, nem calçado, nem bordão, porque digno é o trabalhador do seu alimento.

10 – E em qualquer cidade ou aldeia que entrardes, informai-vos de quem há nela digno, e ficai ali até que vos retireis. E ao entrardes na casa, saudai-a, dizendo: Paz seja nesta casa. E se aquela casa na realidade o merecer, virá sobre ela a vossa paz; e se não o merecer, tornará para vós a vossa paz. Sucedendo não vos querer alguém em casa, nem ouvir o que dizeis, ao sair para fora da casa, ou da cidade, sacudi o pó de vossos pés. Em verdade vos afirmo isto: menos rigor experimentará no dia do juízo a terra de Sodoma e de Gomorra, do que aquela cidade. (Mateus, X: 9-15).

11 – Estas palavras, que Jesus dirigia aos seus apóstolos, ao enviá-los anunciar a boa nova pela primeira vez, nada tinham de estranho naquela época. Estavam de acordo com os costumes patriarcais do Oriente, onde o viajor era sempre bem recebido. Mas então eles eram raros. Entre os povos modernos, o aumento das viagens teria de criar novos costumes. Só encontramos agora os do tempo antigo nas regiões distantes, onde o tráfico intenso ainda não penetrou. Se Jesus voltasse hoje a Terra, não poderia mais dizer aos seus apóstolos: Ponde-vos a caminho sem provisões.

Juntamente com o seu sentido próprio, essas palavras encerram um sentido moral bastante profundo. Jesus ensinava, assim, aos seus discípulos, a se confiarem à Providência. Além, desde de que nada possuíam, eles não podiam tentar a cupidez dos que os recebiam. Era um meio pelo qual distinguiram os caridosos dos egoístas, e por isso Jesus lhes disse: “procurai saber quem é digno de vos hospedar”, ou seja, “quem é suficientemente caridoso para abrigar o viajante que não tem com que pagar, é também digno de ouvir as vossas palavras e é pela sua caridade que os reconhecereis”.

Quanto aos que nem sequer os quisessem receber, nem ouvir, o recomendou aos apóstolos que os amaldiçoassem? Ou recomendou que se impusessem a eles, e usassem de violência, para os constranger a se converterem? Não! Ele simplesmente mandou que se fossem e que procurassem em outro lugar pessoas de boa vontade.

Assim diz hoje o Espiritismo aos seus adeptos: “Não violenteis nenhuma consciência. Não forceis ninguém a abandonar a sua crença para adotar a vossa. Não amaldiçoeis os que não pensam como vós. Acolhei os que vêm a vos e deixem em paz os que vos rejeitam. Lembrai-vos das palavras do Cristo: ‘antigamente o céu era tomado por violência, mas hoje o é pela caridade e a doçura’.” (Ver cap. IV, nº 10 e 11).

 

REFLEXÕES: Com essas palavras Jesus nos alerta para a necessidade de nos preocuparmos mais com as coisas do espírito. Tais palavras guardam um sentido moral muito profundo. Ao proferi-las, Jesus quis mostrar-nos que há coisas mais importantes na vida, bens que o ladrão não rouba e a traça não consome, que são os valores espirituais, que conservaremos para sempre, ao passo que o ouro e a prata, assim como tudo que é material, constituem valores transitórios que não nos pertencem de fato e que, portanto, teremos de deixar quando retornarmos à verdadeira vida. Jesus estava nos alertando para que não nos tornássemos escravos dos bens materiais; e que não perdêssemos nossa dignidade armazenando o que não podemos carregar conosco após a vida física. Quanto mais se tem, mais se gasta, mais se deseja, mais se deve; incansavelmente, indefinidamente, até que nos esgotemos. Por não seguirmos as recomendações de Jesus, quando temos muito, sofremos e nos angustiamos para armazenar mais; somos insaciáveis; e quando temos pouco, nos angustiamos para angariar o que imaginamos seja o suficiente; mas o que é suficiente hoje, logo deixa de ser para o amanhã. Há outros objetivos mais importantes do que a preocupação pelos bens materiais. Pensemos nisto!

 

PRECE E VIBRAÇÕES –

 

“Coloca o teu recipiente de água cristalina à frente de tuas orações e espera e confia.” [Emmanuel / Chico Xavier]

Senhor Jesus, com nossos pensamentos elevados, envolvidos em vibrações de amor e paz, queremos te pedir o auxílio para que possamos vibrar em favor de todos aqueles que hoje Senhor estão passando por sofrimentos, dores e aflições. Sabemos Mestre Amado que no mundo há muitas aflições, que possamos Senhor com os nossos pensamentos amorosos auxiliar a alguém. E é por isso que te pedimos Mestre Jesus, Médico Sublime de todas as almas, que abençoe e suavize as dores de todos aqueles que estão sofrendo internados nos hospitais, muitos em suas próprias casas, outros nos asilos ou pelas ruas, com dores físicas e espirituais, que eles possam receber neste momento nossas vibrações e também o lenitivo para suas dores.

Mestre amado, há tantos seres que estão perdidos em si mesmo, outros perdidos nos vícios, na solidão e na depressão. Outros tantos Senhor, pensam em desistir, Guia Senhor a todos para as sendas da esperança. Tenha piedade deles Senhor. Que Teu roteiro de amor os guie para os caminhos da recuperação para que eles finalmente Te reconheçam.

Que as crianças e os jovens recebam sempre amor, proteção e orientação para que sejam sempre conduzidas pelos caminhos do bem e do Teu amor.

Vibramos Senhor, pedindo Tuas Bênçãos e Proteção para todas as Casas de oração, onde Teu Evangelho de Luz é divulgado e ensinado. Que sejam sempre um Porto Seguro para as Almas Aflitas que buscam socorro e amparo espiritual.

Vibramos por nossos familiares, por nossos amigos, por nossos mentores espirituais que estão sempre a nos proteger, mas vibramos especialmente por aqueles que ainda não Te conhecem e não aceitam e nem compreendem Teus ensinamentos.

Vibramos por todos os lares, principalmente por aqueles que estão passando por momentos de desentendimentos. Que Tua Proteção Divina se estenda a todos os lares, ao nosso também, para que neles reinem o respeito, a harmonia e o amor.

Vibramos agora, com Tua permissão, por nós mesmos, rogando que compadeça-Te de nossas fraquezas, de nossas fragilidades e que nos ampara e fortaleça sempre.

Rogamos agora Mestre Jesus, permissão para que os fluídos divinos sejam depositados em nossas águas e que através deles possamos adquirir mais saúde e vitalidade, força e coragem para as lutas de todos os dias, para nossa transformação moral e espiritual, para vivermos em harmonia com tudo e com todos.

Mestre Amado, somos gratos por tudo que temos, pelos amigos, por nossos familiares, por nosso trabalho, pelo pão de cada dia, por nossos lares, por nossa saúde, por nossa vida.

Entretanto Senhor, como eternos pedintes, ainda te suplicamos, conceda-nos, Senhor, o dom da humildade para que tenhamos a precisa coragem de seguir os Teus Exemplos! Seja sempre Mestre Amado a nossa inspiração e que Nossa Mãe Maria Santíssima envolva-nos com Seu Manto de Amor e de Luz hoje e sempre.

Que assim seja.

Feliz e abençoada semana a todos!

Deixe uma resposta